terça-feira, abril 03, 2007

All - á é grande!

O ministro Manuel Pinho conta já com a minha pessoa entre os seus milhares de fãs.

Confesso que não estava à espera de falar mais dele do que do senhor Delgado.

O ministro é um génio incompreendido, e a polémica em torno do recém-baptizado Allgarve é a prova disso mesmo. Afinal, quem se lembraria de acrescentar um L só porque soa melhor (?) em inglês?

All-garve = Tudo-garve; Todo-garve;


Foi o All-garve. Se fosse Ll-isboa não fazia diferença, porque significa exactamente o mesmo que All-garve. Ou Allentejo.

Honra seja feita ao ministro. Se em vez do inglês ele tivesse optado por outra língua, ia ser ainda menos compreendido, ora vejamos:

所有-garve - chinês

alle-garve - holandês e alemão
tous-garve - francês
όλοι-garve - grego

tutti-garve - italiano
すべて-garve - japonês
모두-garve - coreano
все-garve - russo
todos-garve - espanhol

E ainda se queixam de quê?

Vou mais longe, sou uma pessoa ambiciosa. Por isso, proponho mais algumas alterações ao léxico português.

All-garve = ólgarve, por isso:

All-iveira do Douro (ali em VN Gaia, mas podia ser de Azeméis, do Bairro...)
All-aurindinha, vem à janela (música popular)

All-iud (coisa de filmes, nos EUA)
All-impo (divino, ali na Grécia, quem sobe, logo à direita)
All-facto (cheira, pois cheira)

Coca-c-All-a (para beber)
Carac-All (devagar, devagarinho)
Cachec-All (para o frio)
Interp-All (bófia)
Água m-All em pedra dura (provérbio)
T-All-a (em cima do pescoço)
Cervej-All-a (que faz barriga)


Viva Portugall!

2 comentários:

Margarida disse...

muito bom:D

Juanita disse...

LOL ou LALL, como queiras;)