terça-feira, outubro 06, 2009

Mais valia uma sondagem...

O programa da CDU para Matosinhos já está online no site há alguns dias e mereceu uma análise do Eugénio Queirós, no seu O Porto de Leixões. O blogger que mais sondagens publica por byte quadrado decidiu folhear o programa e apresenta, como primeira conclusão, uma alegada obsessão pelo BE.

Ora, parece que há a ideia geral de que pode criticar-se tudo e todos, menos o BE, que são uma espécie de vacas sagradas da política. E eu, pouco dado às coisas sagradas, repito o que já há uns tempos aqui escrevi, mais coisa menos coisa. O BE vive, a nível autárquico, da projecção que tem a nível nacional e da simpatia que goza pelos media em geral. Ou de que gozou até há bem pouco tempo, quando os mesmos que o levaram ao colo perceberam que a génese do BE, que seria acabar com a CDU e com o PCP, acabou por retirar votos ao PS; afinal, a CDU continua a crescer. A manchete do Expresso no fim-de-semana antes das legislativas é bem um exemplo disso mesmo. Uma manchete descabida, mas que ilustra bem o tiro saído pela culatra dos que colocaram o BE nos píncaros.

Mais especificamente em Leça da Palmeira, o BE esteve apresente apenas em 6 das Assembleias de Freguesia realizadas ao longo dos quatro anos de mandato. Será um detalhe, talvez, mas acho que os eleitores deviam ter consciência disso mesmo. E é uma pena que os jornais cá do burgo não façam um levantamento da assiduidade de cada um dos eleitos.

3 comentários:

Anónimo disse...

Vc dá uma no cravo e 20 vinte na ferradura. Pobre da cavalgadura.

então:"aqui escrevi, mais coisa menos coisa. O BE vive, a nível autárquico, da projecção que tem a nível nacional e da simpatia que goza pelos media em geral."

Ouça lá, então o BE vive a nível autárquico da projecção que tem a nível nacional e é a CDU que apresenta como candidato Honório Novo? Onde raio conseguiu projecção Honório Novo se não a nível nacional? Afinal quem se apoia em "projecções" a nível nacional senão a CDU de Matosinhos?

Mais: não há nenhum partido concorrente a Matosinhos que tanto se suporte numa figura que ganhou projecção a nível nacional como a CDU.

A "simpatia (que o BE) goza dos média em geral" é mais uma mentira que não será à força de ser repetida incessantemente que se vai tornar verdade. Dê-se ao trabalho de olhar para gráficos (simples gráficos) do tempo de antena nas TVs da ERC (entidade reguladora da comunicação), e verá com os seus próprios olhos a mentira e deturpação da realidade do que diz.
(e isto não contando que "falam" a dois carrinhos: o PCP e o partido virtual Os Verdes.)

rms disse...

Este (o comentário acima) é o primeiro e último comentário insultuoso que passa nos comentários do meu blog. Seja em relação a quem for.

O Honório Novo não chegou agora a Matosinhos. É deputado na AR - e muito bem - e é vereador na CMM, muito bem também. Eu percebo que faça confusão a quem não faz a ponta dum corno... mas é a vida!

Anónimo disse...

gostava que me explicasse em que é que o (meu) comentário acima é insultuoso, em relação a quê ou a quem.
Se de facto houver nele uma ponta de insulto sou o 1º a pedir desculpa.
Mas não me parece ser o caso.
Há sim uma resposta POLÍTICA a considerações a meu ver erradas que faz no seu post. Mas compreendo que o debate político seja matéria de pouca relevãncia para esses lados, não é de agora e, na cautela, mais vale silenciar de imediato quem não diz amém.